CINE ACADEMIA - As mães roubaram a cena

Olá, queridos leitores!!! Tudo certinho com vocês? Venho trazer a indicação de cinco filmes em que as mães, essas pessoas super especiais em nossas vidas, roubaram a cena e conquistaram nossos corações. Como homenagem para o dia delas, aproveitem essas sugestões para assistirem um filminho em família e dessa forma compartilharem um momento terno. Vamos lá!

1- Para assistir com a mães duronas que fazem de tudo por nós: O quarto de Jack

Jack tem cinco anos de idade e não conhece nada do mundo, além do quarto onde nasceu e foi mantido em cativeiro ao lado de sua mãe. 


Um filme daqueles que mostram até onde uma mãe pode ir pelo belo bem de seu filho. Toda mãe de verdade tem uma leoa dentro de si, capaz de enfrentar qualquer pessoa ou situação.



2- Para assistir com as mães românticas: MaMa Mia 

Donna, a proprietária de um hotel nas ilhas gregas, está preparando o casamento de sua filha com a ajuda de duas amigas. Enquanto isso, a noiva Sophie convida três ex-namorados de sua mãe na esperança de conhecer seu verdadeiro pai. 


Com este filme a diversão é certa, é muito interessante para se assistir com a mãe pois a protagonista foi mãe solteira e sua filha vai em busca do passado misterioso que ronda essa maternidade. Feito com as musicas do grupo musical Abba a obra é ideal para os amantes de musicais.




O filme terá sua continuação lançada esse ano, em breve estará nos cinemas. Nela o passado de Donna será ainda mais explorado e a diversão em família irá continuar.



2- Para assistir com as mães doidinhas: Minha mãe é uma peça 

Dona Hermínia é uma mulher de meia idade, divorciada do marido, que a trocou por uma mais jovem. Hiperativa, ela não larga o pé de seus filhos Marcelina e Juliano, que já estão bem grandinhos. Um dia, após descobrir que eles a consideram uma chata, resolve sair de casa sem avisar ninguém, deixando todos, de alguma forma, preocupados com o que teria acontecido. Mal sabem eles que a mãe foi visitar a querida tia Zélia para desabafar suas tristezas do presente e recordar os bons tempos do passado.


Se for para rir de uma artista nacional, é com o Paulo Gustavo mesmo. Caiam na gargalhada com sua mãe do lado aos perceberem quantas vezes ela já foi a própria Donna Hermínia em suas atitudes. 



3- Para assistir com as mais que aguentam as loucuras de um adolescente: Fala sério Mãe 

Ângela Cristina, mãe da adolescente Maria de Lourdes, precisa lidar com as dificuldades e delícias de guiar sua filha durante uma das fases mais complicadas da vida. Ela vive uma montanha-russa de emoções, medos e frustrações. Por outro lado, a filha Malu, como prefere ser chamada, também tem suas insatisfações.


Toda mãe tem uma certa dificuldade em ver que seu filho ou filha cresceu, difícil mesmo é quando eles chegam naquela fase em que se acham auto suficiente,  neste filme a relação de mãe e filha vai divertir e emocionar.


5- Para assistir com aquele pai que também é mãe: Pais & Filhas 


Um novelista mentalmente instável tenta criar sozinho a filha de cinco anos. Vinte anos depois, a garota cuida de crianças com problemas psicológicos e ainda tenta entender sua complicada infância.


O dia é das mães, mas nem sempre mãe é uma mulher. Já falamos sobre mães solteiras e agora vamos falar de pais que são mães. Trouxe esse filme para ser inclusiva quando se trata de uma data muitas vezes tão específica para as diversas situações familiares que existem nessa vida. Um filme de uma profundidade ímpar, que acima de tudo trata-se do amor parental.




Eu coloquei características definidas para cada tipo, mas no fundo as mães são uma junção de tudo isso. Elas não são apenas doidinhas ou românticas, muito menos só comandantes e guerreiras pelo filho. As mães, sejam elas como forem (de sangue; adotivas; pais que são mães; tias que criam; avós que criam), têm algo em comum, para terem a honraria de serem chamadas como tal, são pessoas que estão por nós, cada uma com sua peculiaridade e lado especial, mas sempre com muito amor no coração e vontade de que os filhos cresçam bem. Neste dia das mães, não se esqueçam de dizer a elas o quanto são importantes. 


Espero que tenham gostado do post. Não se esqueçam de compartilhar esse post com as mães e os familiares de vocês. Também deixem um comentário, é sempre bom sabermos o que acharam.

Beijão!!! Até a próxima. 😉💖
Sarah Mascarenhas

Sou uma garota cheia de vontade de viver, aprender e ensinar. As palavras me tiram da realidade e me trazem de volta, representam os meus sonhos e a minha realidade. Estou em constante mudança. ;)
Leia Mais sobre a autora

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário!